segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

As Suaves Lágrimas do Céu

O que faço no meio desse campo?
O céu está escuro, estou sozinha.
Gotas de chuva começam a cair
Em minha pele sinto o toque
suave das lágrimas do céu.

O vento fazendo a copa das árvores
dançarem, e querendo que eu entre no seu ritmo
Quero dançar em meio a chuva
e seguir o vento em meio a chuva
Que toque suave, que calma
Quero gritar para os céus.

Quero ficar ali eternamente...
Sentir a chuva, o céu, o vento...
E nunca mais sentir mais nada,
Além dessa realidade...

Mas então tudo acaba, o vento para,
As lágrimas param e grito para o céu:
Não, não quero que acabe, chuva, céu,
vento, me levem, quero estar com vocês...

Então um vento muito forte, me rodeia
fazendo-me voar, cada vez mais alto
para o céu, onde só existe a calma e o
silêncio...

by Ju

Um comentário:

  1. Lindo poema!Adorei muito!Continue sempre assim!Parabéns!

    ResponderExcluir