segunda-feira, 23 de junho de 2014

Palavras que Sempre voltam

Depois de um tempo afastado
das palavras que vos escrevia
Durante um tempo permaneci oculto
em pensamentos e experiências.

Parece que foi um longo tempo
de silêncio e reflexão
Pensava quando poderia
compartilhar de novas emoções.

Quero me expressar de novas formas…
Não há limites para a criatividade…

Jamais me esqueceria
dos que me apoiam
Seja com a prata escrita
seja com o ouro silencioso.

Estou de volta ao meu espaço
luminosamente amoroso
Feliz e agradecido
por continuar algo que gosto.

by Lôh

Um comentário:

  1. Muito bom amigo, estas são palavras sinceras de um grande poeta escritor, pois sabes bem guardar o melhor dos tesouros, a sua sabedoria.

    ResponderExcluir