domingo, 10 de março de 2013

O Recomeçar

Estou pronto pra recomeçar
Seja da satisfação da não satisfação
Seja das cinzas da destruição
Neste isolado fim de mundo.

Sou um eterno filosofo e grande sonhador
Não nasci para ficar sempre no mesmo lugar
Quero mudar, crescer, evoluir, transcender
E um lugar para onde sempre poderei voltar.

Este mundo e universo estará sempre sujeito a mudanças
Se prender a uma zona de conforto é pura ilusão
A natureza de várias formas nos avisa e prepara
Viver em um mundinho fechado conduz a própria destruição.

Se meteoritos destruírem sua cidade, que irás fazer?
Fugirá? Se esconderá? Xingará? Se iludirá?
Sei que parado não ficarei, certamente recomeçarei...

Posso morar em um fim de mundo
Mas isso não significa que aceitarei
Qualquer destino que me for imposto
Não irei parar de seguir em frente.

Sou livre para amar, errar, perdoar, querer...
Sou grato por isso e também porque sei
Que para o recomeçar, pronto estarei...

by Lôh

2 comentários:

  1. Olá Lôh! Como vai?

    Que belo poema compartilhou aqui em seu blog!
    Muito reflexivo.. de fato, precisamos estar sempre prontos para recomeçar, numa infinidade de situações que a vida nos submete,..
    afinal, o mundo é tão mutável, nada é estável, devemos sempre ter coragem para enfrentar mudanças!

    Tenha uma otima semana!!
    Um grande abraço..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou bem Vane.

      Agradeço o elogio.
      Ultimamente esse tem o meu maior trabalhor, o de refletir. Mudanças vem e vão, algumas são fáceis, outras mais dificeis. Temos que saber como reagir a elas.
      Me sinto grato pela sua contribuição reflexiva.

      Um grande abraço.
      Fica na paz...

      Excluir